Atividades da Comissão Municipal do Emprego são retomadas em Mogi das Cruzes

“A participação da sociedade na elaboração das políticas públicas é um dos principais pilares desta gestão. A geração de vagas qualificadas de emprego é uma questão fundamental para a população e a retomada da Comissão Municipal do Emprego...
onlinealtotiete-noticias.prefeitura-de-atividades-da-comissao-municipal-do-emprego-sao-retomadas-em-mogi-das-cruzes

Os integrantes da Comissão Municipal do Emprego de Mogi das Cruzes tomaram posse nesta quarta-feira, em um evento realizado no auditório do prédio da Prefeitura. O grupo é formado por 33 pessoas, entre representantes do poder público, dos empregados e dos empregadores – titulares e suplentes.

A Comissão Municipal do Emprego tem como objetivo discutir ações e políticas públicas para incentivar a empregabilidade e a geração de novas vagas no mercado de trabalho de Mogi das Cruzes. Entre os temas que serão tratados durante as reuniões estão as necessidades atuais dos setores econômicos na cidade, a capacitação dos empregados com base no atual cenário brasileiro, ações para ampliar o acesso da população a vagas de trabalho.

A posse contou com a participação do secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Gabriel Bastianelli, e de representantes da comissão. Criada pelo decreto 207, de 10 de julho de 1997, o órgão estava sem atuação desde 2016. A próxima reunião do grupo acontecerá no dia 18 de novembro.

“A participação da sociedade na elaboração das políticas públicas é um dos principais pilares desta gestão. A geração de vagas qualificadas de emprego é uma questão fundamental para a população e a retomada da Comissão Municipal do Emprego, com a participação de representantes dos empregados e dos empregadores, será fundamental neste processo de desenvolvimento sustentável para Mogi das Cruzes, com melhoria da qualidade de vida dos moradores”, destacou Bastianelli.

Pelo público, fazem parte da Comissão Municipal do Emprego representantes das Secretarias Municipais de Desenvolvimento Econômico, Educação, Assistência Social, Agricultura, Verde e Meio Ambiente e Cultura. Pelos empregados, participam representantes do Sindicato dos Professores, do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de São Paulo e Mogi das Cruzes, do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública Municipal de Mogi das Cruzes e do Sindicato dos Empregados no Comércio de Mogi das Cruzes.

Os empregadores estão representados pela Diretoria Regional do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), pela Associação Comercial de Mogi das Cruzes, pelo Sindicato do Comércio Varejista de Mogi das Cruzes e Região do Alto Tietê (Sincomercio), pelo Sindicato da Indústria e da Construção Civil, pelo Sindicato Rural de Mogi das Cruzes, pela Associação Brasileira das Empresas de Serviços Terceirizados e Trabalho Temporário (Asserttem), e pelo Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis (Sescon).

A retomada da Comissão Municipal do Emprego faz parte de uma série de ações que a Prefeitura de Mogi das Cruzes vem desenvolvendo para estimular a empregabilidade da população. Neste ano, foi criado o programa Mogi Conecta, que reúne os diversos serviços da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico. A iniciativa atende os moradores que estão em busca de recolocação no mercado de trabalho ou de novas oportunidades de carreira.

As ações vêm apresentando resultados positivos. Entre janeiro e agosto, Mogi das Cruzes criou 3.160 vagas de trabalho, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Governo Federal. A comparação com o mesmo período do ano passado mostra a evolução do cenário do emprego no município. Nos primeiros oito meses de 2020, sob o efeito da pandemia, o município registrou índice negativo de 3.147 empregos.

No Mogi Conecta, entre janeiro e setembro, 2.103 pessoas foram contratadas. Ao todo, mais de 15 mil currículos já foram cadastrados pela população e 470 empresas utilizam a iniciativa para buscar novos funcionários.

Durante o período da pandemia, a administração municipal inovou em ações para combater os efeitos da crise econômica. São exemplos o Auxílio Empresarial Mogiano, que buscou garantir empregos em pequenos negócios afetados pela pandemia, e o Auxílio Emergencial Mogiano, que atendeu famílias que passaram por dificuldades.

A Prefeitura também vem trabalhando na atração de novos investimentos para o município, o que contribui para a geração de novos empregos. Neste sentido, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico vem estruturando a busca ativa por novas empresas que têm potencial para instalação no município. A legislação de incentivo está sendo revisada para que seja mais atrativa e possa potencializar a atração de investimentos e a geração de postos de trabalho.

 

Compartilhar:

Mais postagens

noticia-international-economia-omicron-mercado_de_acoes_tem_pior_dia_do_ano_guerra_comercial_china_mundoeua

Ações da China fecham em alta com ômicron e política econômica em foco

“No curto prazo, temos de prestar atenção em como os governos estrangeiros lidam com a variante ômicron, enquanto, internamente, precisamos nos concentrar em se a Conferência Central de Trabalho Econômico em dezembro irá divulgar mais sinais de flexibilização”, disse Mary Xia, analista de mercado de juros da China na UBS Securities.

alto-tiete-serviço-Centro de Controle dos Mananciais Metropolitanos Prof. Rubem La Laina Portomananciais.sabesp.com.br/Home

Situação dos Mananciais

O boletim diário dos mananciais apresenta uma síntese diária da situação dos mananciais responsáveis pelo abastecimento da Região Metropolitana de São Paulo, trazendo dados atualizados de volumes operacionais, vazões, níveis e pluviometria nos reservatórios e sistemas, além das vazões captadas pelas Estações de Tratamento de Água de cada Sistema Produtor.

Envie-nos uma mensagem

Open chat
como posso ajudar? Entre em contato.