População do Alto Tietê cresce acima da média brasileira e Arujá liderança ranking regional

Os municípios de Arujá, Ferraz, Guararema e Mogi foram os que ultrapassaram a média de crescimento do Alto Tietê. A região de 11 municípios tinha, segundo a penúltima estimativa do IBGE, divulgada no ano passado, 1.685.308. Passado um ano, a soma dos habitantes de todos os municípios da região alcançou 1.702.948 moradores, atingindo um crescimento percentual de 1,05%.
noticia-onlinealtotiete-mapa-cidades/população-do-alto-tietê-cresce-acima-da-média-brasileira-e-arujá-liderança-ranking-regional-2021-

Enquanto o crescimento populacional do Alto Tietê alcançou um percentual de 1,05%, o índice do País chegou a 0,7%, segundo o IBGE

O município de Arujá foi o que mais cresceu em termos populacionais, no último ano, na região do Alto Tietê, segundo a mais recente estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada na última sexta-feira, e dados calculados pelo jornalista Castro Alves.

A cidade que no ano passado tinha 91.157 habitantes saltou para 92.453, um crescimento estimado de 1,42%, acima do índice regional de crescimento, que ficou em 1,05% e do nacional, de 0,70%. Já o município que menos cresceu foi Santa Branca, cuja população aumentou somente 0,46%, subindo de 14.857 habitantes para 14.925, do ano passado para cá.

Ferraz de Vasconcelos alcançou o segundo maior crescimento populacional da região, saindo de 196.500 habitantes, em 2020, para 198.661, um aumento calculado em 1,10%, segundo os números do IBGE.

Ferraz ficou à frente de Guararema e Itaquaquecetuba, que cresceram 1,09%, respectivamente, apesar de muito distanciados em termos populacionais. Enquanto Guararema tinha 30.136 habitantes, no ano passado, e agora tem, segundo estimado pelo IBGE, uma população de 30.645 moradores, Itaquaquecetuba, o segundo mais populoso município do Alto Tietê viu sua quantidade de habitantes saltar de 375.011, em 2020, para 379.082, neste ano.

Os dados do IBGE foram publicados por O Diário em reportagem na sexta-feira (27)(Confira outros resultados)

Na sequência dos que mais cresceram percentualmente aparece Mogi das Cruzes, que tinha uma população de 450.785 habitantes em julho do ano passado e chegou a julho deste ano com 455.587 moradores, um aumento de 1,07%.

Os municípios de Arujá, Ferraz, Guararema e Mogi foram os que ultrapassaram a média de crescimento do Alto Tietê. A região de 11 municípios tinha, segundo a penúltima estimativa do IBGE, divulgada no ano passado, 1.685.308. Passado um ano, a soma dos habitantes de todos os municípios da região alcançou 1.702.948 moradores, atingindo um crescimento percentual de 1,05%.

O primeiro município com índice percentual abaixo da média é Suzano, que saiu de 300.359 habitantes no ano passado para 303.397 neste ano, um crescimento médio de 1,01%. Em seguida vêm, pela ordem do percentual de crescimento populacional, as seguintes cidades do Alto Tietê:Biritiba Mirim, 1%;Santa Isabel, 0,97%; Poá, 0,74%, Salesópolis, 064% e, por fim, Santa Branca, com 0,46%.

ALTO TIETÊ:POPULAÇÃO E CRESCIMENTO

CIDADE             JUL/20           JUL/21      (%)

Arujá…………..    .91.157………  92.453…. 1,42%

Biritiba…………    32.936………. 33.265….. 1,00%

Ferraz……………196.500………198.661….. 1,10%

Guararema……..30.136……….. 30.465….. 1,09%

Itaquá……………375.011………..379.082…  1,09%

Mogi…………….450.785……….. 455.587…  1,07%

Poá……………….118.349………..119.221…   0,74%

Salesópolis……..17.252………….17.363…   .0,64%

Sta. Branca……..14.857………….14.925….   0,46%

Sta. Isabel……….57.966………… 58.529….   0,97%

Suzano………….300.359……….  303.397…..1,01%

Total………….1.685.308…….    1.702.948…..1,05%

Fonte: IBGE

Ranking

Acompanhe no quadro abaixo o ranking atual de crescimento populacional dos municípios da região do Alto Tietê, conforme os percentuais comparativos com a estimativa anterior, divulgada em julho do ano passado. Os números mostram que o crescimento populacional da região do Alto Tietê (1,05%) foi superior ao nacional (0,7%):

CIDADES      CRESCIMENTO

1- Arujá ………….1,42%

2- Ferraz……….. 1,10%

3- Guararema … 1,09%

3- Itaquá………..  1,09%

4- Mogi …………..1,07%

5- Região ………..1,05%

6- Suzano ……….1,01%

7- Biritiba………… 1,00%

8- Sta. Isabel…… 0,97%

9- Poá ……………..0,74%

10- Salesópolis …0,64%

11- Sta. Branca… 0,46%

Fonte: Cálculo feito com base

em números oficiais do IBGE

Compartilhar:

Mais postagens

noticia-international-economia-omicron-mercado_de_acoes_tem_pior_dia_do_ano_guerra_comercial_china_mundoeua

Ações da China fecham em alta com ômicron e política econômica em foco

“No curto prazo, temos de prestar atenção em como os governos estrangeiros lidam com a variante ômicron, enquanto, internamente, precisamos nos concentrar em se a Conferência Central de Trabalho Econômico em dezembro irá divulgar mais sinais de flexibilização”, disse Mary Xia, analista de mercado de juros da China na UBS Securities.

alto-tiete-serviço-Centro de Controle dos Mananciais Metropolitanos Prof. Rubem La Laina Portomananciais.sabesp.com.br/Home

Situação dos Mananciais

O boletim diário dos mananciais apresenta uma síntese diária da situação dos mananciais responsáveis pelo abastecimento da Região Metropolitana de São Paulo, trazendo dados atualizados de volumes operacionais, vazões, níveis e pluviometria nos reservatórios e sistemas, além das vazões captadas pelas Estações de Tratamento de Água de cada Sistema Produtor.

Envie-nos uma mensagem

Open chat
como posso ajudar? Entre em contato.